17.2.15

E mais experiências...

E mais experiências, pois, lá está! Quando uma pessoa tem muita coisa que fazer ainda arranja mais coisas para fazer e pensar para não fazer essas coisas... e por aí adiante. 

















25.1.15

Brincadeiras Esquisitas

Em alturas mais esquisitas... saem também coisas esquisitas, hoje, Domingo, foi dia de tentar pensar em muita coisa que se tem de fazer mas não fazer nada de útil. Dei por mim a experimentar software de captura de ecrã, e foi nisto que deu. Os Domingos não deviam existir, não sei porquê, mas são a coisa mais esquisita, lá está, que me posso lembrar.









21.1.15

Coisas que se tentam fazer

Parece que no meio de tudo e mais alguma coisa, existem sempre coisas que ficam para trás. Tanta coisa que se quer fazer, ou experimentar... mas que agora não Joana, o tempo não dá para tudo... Talvez haja uma temporada que possas parar um pouco e reavaliar tudo o que andas a fazer, e porque não fazer algo de diferente, ou de maneira diferente... Quem sabe.








26.11.14

Um dia de praia!

 Cães num bonito dia de praia.
Aproveitar o tempo para fazer coisinhas de teste para algo com o Henrique Costa. =)

24.11.14

Deixa-me Entrar nas livrarias

Já podem encontrar o Deixa-me Entrar não só nas Fnacs,
mas também nas livrarias da especialidade Obrigada a todos! =)

-
Apresentação no 25º FESTIVAL AMADORABD 2014








31.10.14

DEIXA-ME ENTRAR - JÁ AMANHÃ!

CARAMBA PÁ! É mesmo assim! O livro DEIXA-ME ENTRAR vai estar disponível já amanhã! Dia primeiro de Novembro no stand da Polvo no Amadora BD. As palavras falham-me! Apareçam! Lá vos espero! Eu lá estarei aos pulinhos pelas 16h! :D :D Até já! E obrigada desde já a todos os que me ajudaram! Beijinhos

-Pequena Sinopse-
Alberto é um homem com 40 e muitos anos, desconfortável com tudo o que o rodeia, que foi forçado por problemas monetários a mudar de casa, até então sua zona de conforto. A história começa nesse momento, quando arrenda um simples T0, para onde leva apenas um colchão e várias caixas. Forçado neste novo lugar a refazer a vida, tem de conhecer novas pessoas e tem um novo trabalho onde passa as noites a guiar um camião do lixo num constante pára-arranca. Começa a questionar-se se era mesmo isto que ele queria para a sua vida.